Assembleia de Deus em Hortolândia faz culto pelos 500 anos da Reforma Protestante

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Ministério do Belém em Hortolândia/SP promoveu na noite desta Segunda-Feira (30), o culto em comemoração aos 500 anos da Reforma Protestante.

O evento comemorativo foi no Templo Central da AD Belém em Hortolândia/SP no Jardim Mirante, os presentes tiveram a oportunidade de assistir à audição da orquestra do Templo Subsede que apresentou diversos louvores congregacionais e ouvir o Coral da igreja que cantou o Clássico “Castelo Forte” (Ein feste Burg ist unser Gott – hino escrito em 1529 por Martinho Lutero, durante o período de forte perseguição religiosa na Alemanha).

AD Belém em Hortolândia/SP realiza Culto de Gratidão pelos 500 anos da Reforma Protestante (FOTO: AD Hortolândia)

O sermão principal foi ministrado pelo Pastor, Escritor e Teólogo Dr. Gunnar Berg que durante a homilia reforçou a importância do movimento reformatório e fortalecimento das famílias.

É de conhecimento de todos nós os fatores que desencadearam a Reforma Protestante; nos dias de hoje necessitamos urgentemente de outra reforma; a reforma de nossos Lares, das nossas famílias, a igreja é um conjunto de várias famílias, se a família vai mal obviamente a igreja sofrerá, antes de questionar a igreja, é importante sempre termos a consciência de colocar a nossa casa em ordem. ” Enfatizou Pastor Gunnar.

Centenas de pessoas acompanharam o culto que de perto parecia uma incrível aula de história, uma viagem ao tempo.

“O culto da Reforma foi uma verdadeira festa, uma linda aula de história, é um privilégio para nós celebrarmos os 500 anos da Reforma, momento importantíssimo da história medieval que mudou de vez o curso da humanidade, devemos sempre rever os nossos conceitos e melhorar continuamente nossa forma de pensar. ” Descreve Pr. Eduardo Brasil.

Todos saíram do culto refletindo sobre a importância de refletir sobre o que pode ser melhorado não somente na vida religiosa, mas na vida em sociedade.

“O Culto foi muito abençoado. Além dos principais eventos históricos da Reforma, tivemos uma aplicação prática aos nossos dias. De tudo, o que mais me marcou foi a ideia de que antes de reformarmos a igreja precisamos reformar nosso lar. E para abrilhantar a festa tivemos a entoação de lindos louvores. ” Relata Pb. Dr. Alan Reis, um dos organizadores do evento.

Durante o culto comemorativo foi apresentado trailers sobre a biografia de Martinho Lutero e também foram afixados cartazes com as 95 teses nas entradas e saídas do Templo.

As comemorações dos 500 anos da Reforma Protestante seguirão durante toda a semana nas 48 filiais da Assembleia de Deus em Hortolândia, no Brasil e em todo o mundo. Maiores informações poderão ser obtidas no site oficial da igreja www.adhortolandia.org

A REFORMA

O dia 31 de outubro de 1517 ficou conhecido como aquele em que o monge alemão Martinho Lutero (Martin Luther) teria pregado suas 95 teses na porta da igreja do castelo da cidade alemã de Wittenberg. Elas representavam uma tomada de posição contra o que Lutero considerava práticas abusivas do clero católico romano, como a venda de indulgências (uma forma de perdão dos pecados), e posições doutrinárias que desviavam dos valores primeiros da fé cristã.

Martinho Lutero, em alemão: Martin Luther, foi um monge agostiniano e professor de teologia germânico que tornou-se uma das figuras centrais da Reforma Protestante. (BBC Londres)

Martinho Lutero não foi o único. Houve muitos outros europeus, homens e mulheres, que se notabilizaram como “protestantes”, aqueles que traziam a dimensão contestatória à fé cristã, própria do cristianismo, num chamado ao retorno às origens (perdidas) do ser cristão.

A Redação

Compartilhe nas redes sociais.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *